5 dicas para obter mais assinantes pro seu blog

by daniduc on junho 7, 2011

Pode admitir: você quer que seu blog seja lido—quer dizer, se você escreve apenas pra si mesmo, abra um editor de texto e salve o arquivo no seu HD… né? 😉

Eu já dei dicas de como fazer com que seus posts antigos sejam lidos e como tornar seu artigo atraente com boas manchetes.

Mas o melhor tipo de leitor é aquele que volta, que acompanha. São essas pessoas que espalham seus artigos nas mídias sociais, que enriquecem  seu blog com feedback e sugestões… Um blog sem comunidade é um blog morto.

E daí que uma das dúvidas mais comuns dos blogueiros é justamente como aumentar o número de assinantes.

1. Permita assinar o seu blog por email

Eu sou grande fã do RSS: ele é feito, justamente, pras pessoas receberem conteúdo (artigos, notícias, atualizações). Meu agregador de RSS (o Google Reader) está sempre aberto. Seria a ferramenta perfeita pras pessoas assinarem o seu blog.

Mas não é.

O RSS é popular entre os usuários avançados de internet, pessoas que têm intimidade com computadores e tecnologia. Essas pessoas, apesar de não parecer, são uma grande minoria. A maioria não têm idéia do que seja RSS ou como usá-lo.

Além disso, um monte de gente não quer saber de assinar um monte de blog, pra justificar aprender a usar o RSS. Elas querem apenas receber as suas dicas, relatos, receitas, informações, piadinhas ou o que seja, de uma maneira fácil.

O email é o rádio da internet: podem inventar o que for, mas ele ainda estará lá. O email é familiar: praticamente todo mundo conectado na internet sabe o que é email.

O email permite arquivar os seus artigos. E ao receber seu artigo novo no email, o assinante pode lê-lo sem ter de abrir um outro programa (ou aba no browser), como o agregador. Basta um.

Como permitir que as pessoas assinem seu blog via email? Oras…

2. Abra uma conta no Feedburner

O Feedburner é a mais popular ferramenta para lidar com assinantes de blogs. Eles oferecem um grande número de vantagens e facilidades para enriquecer seu Feed RSS, como contagem de assinantes e ferramentas pra que as pessoas distribuam seus artigos via mídia social.

E, também, distribuir seu Feed por email, olha só que prático.

Como usar o Feedburner foge do escopo deste artigo, mas pra criar o formulário de inscrição por email pro seu feed é bico. Veja só:

Vá em Publicar (Publicize) > Email subscriptions > Ativar (Activate), no fim da página.

Pronto. Agora escolha a língua do formulário, copie o código e cole no local apropriado do seu blog. E por falar em local apropriado, onde você deve colocar o link do RSS e formulário pras pessoas assinarem? Simples…

3. Coloque as opções de assinatura no lugar mais óbvio e chamativo possível

Cansei de ver gente reclamando que tem poucos assinantes e quando fui ver, não consegui achar sequer o link do Feed RSS, que dirá formulário de email. Hã… como assim?

Não esconda as sua opções de assinatura! Coloque no alto da sua página, na área que em inglês se chama “above the fold” (a área de uma página que aparece sem que o usuário tenha de rolar a tela).

Torne chamativo, torne gritantemente óbvio o procedimento pra assinar seu blog. Veja como fiz no Ducs Amsterdam: uma enorme caixa amarela no alto da página. Tem funcionado.

Usuários de web são mimados e preguiçosos. Há muita oferta, muito fácil. Se ele tiver de gastar tempo tentando adivinhar algo que você quer que ele faça, ele vai embora (em geral pra nunca mais voltar).

Não espere o usuário/leitor adivinhar o que você quer que ele faça. Além de tornar óbvio de achar as coisas, use uma…

4. Chamada: diga claramente o que o leitor deve fazer

Em inglês essa técnica se chama “call to action”; a idéia é: Instigue o leitor a agir.

Em cima de seu formulário de inscrição, coloque uma chamada curta e forte. Teste diferentes combinações, use o imperativo, soe empolgante. Inspire-se nos textos publicitários, eles vêm usando essa técnica (com sucesso) por eras.

Você pode colocar uma chamada ao fim de seu artigos (ou artigos) também, peça pras pessoas assinarem.

Ah, uma coisa que percebi… pode ser que alguns usuários achem que o verbo “assinar” implique em algum pagamento (como numa assinatura de TV a cabo). É uma tradução do inglês “subscribe”, que se popularizou. De repente compensa achar outro verbo (acompanhe, receba, junte-se…), ou outro modo de deixar muito claro que é grátis.

5. Publique Feeds completos!

Há toda uma controvérsia sobre colocar apenas a chamada do seus artigos no feed, ou o artigo completo.

Quem prefere o feed parcial alega que, se a pessoa fica no feed (via RSS ou email), não gera page views nem vê anúncios, e portando não está “pagando” o conteúdo gerado. Seriam “freeloaders”, caronistas que não entram na vaquinha.

Embora eu reconheça que é um argumento válido, discordo dele e prefiro distribuir o feed completo. Leitores via feed são leitores fieis. São os caras que querem acompanhar tudo o que você faz.

Esses leitores são a chave pro que você produz ser distribuido. Eles gostaram o suficiente do seu produto a ponto de querer acompanhar sempre. Portanto, são os mais inclinados a divulgar o seu conteúdo, comentando com amigos, tuitando, linkando.

E aí, em vez de você facilitar isso, você manda pra justamente esses caras menos conteúdo do que recebe um paraquedista do Google que chegou e foi-se embora para nunca mais voltar? Não faz muito sentido pra mim.

Eu quero é que meus leitores mais fieis recebam mais conteúdo ainda, que se sintam especiais e importantes. Quero facilitar ao máximo eles redistribuirem o que produzo para que gerem ainda mais leitores fieis.

Agora, que tal assinar o Profissão Blog? 🙂

O blog deu uma pausa devido ao nascimento de minha primeira filha! Mas agora o blog retomará seu ritmo normal de atualizações. E você não quer perder nenhuma dica, né?

Tenho muita coisa pra contar que tenho certeza de que será útil pro seu blog. Vamos juntos:

Seu email:

Se preferir, assine o Feed RSS

(E se você curtir, não esqueça de dar uma força divulgando os artigos que achar legal no Twitter e Facebook!)

Amanda junho 7, 2011 às 11:58 pm

Valeu Daniel,

sempre com ótimas dicas! =)

Marcie junho 12, 2011 às 1:49 pm

De novo, excelente! (tudo copiadinho, já!)

daniduc junho 23, 2011 às 3:13 pm

Maravilha! Me conte como foi depois 😉

Carlos julho 2, 2011 às 5:04 am

Gostei muito das dicas. vlw concerteza ficarei ligado nas próximas.

Lucas julho 11, 2011 às 3:21 pm

Não consegui criar um feed RSS e colocar como por exemplo em seu blog aquele estravagante que eu esqueci o nome rs. Então, fiz passo a passo mais na hora de colocar ao blog não consegui. Por favor me ajude.

Dolly agosto 6, 2011 às 2:45 am

Olha só, adorei a maneira simples, “entendível” dirigida à massa pouco esclarecida da linguagem usada na internet! Amei, me esclareceu e hiper pertinente os tópicos abordados.
parabéns pelo nascimento da filhota, que Deus abençõe essa nova vida, o lar etc etc…
Abraços, dolly

Jackeline dezembro 6, 2011 às 6:17 pm

Excelentes dicas. Já fiz quase tudo, exceto colocar o feed completo. Não consegui localizar a opção para mudar isso no Feedburner. Onde fica, Ducs? Obrigada!

Almir Ferreira outubro 12, 2012 às 3:47 am

Depois de ler este excelente artigo eu tomei algumas providências, como alterar o feed para completo e o botão “assinar” do e-mail para “enviar”.

Obrigado pelas dicas e parabéns pelo excelente trabalho.

daniduc outubro 12, 2012 às 7:23 pm

Fala Almir, fico muito feliz de ajudar! Depois me conta os resultados 🙂 Grande abraço

Melissa novembro 10, 2012 às 7:43 pm

feed completo tudo bem, mas no email, se eu mandar tudo completo, a pessoa nao clica pra ler no blog, certo?

daniduc novembro 10, 2012 às 7:53 pm

Certo. E nem no feed completo aliás. Meu ponto é que isso não importa. Vale mais o acesso ao leitor, esse canal constante com ele, do que pageviews.

Melissa novembro 11, 2012 às 2:25 pm

otimo obrigada 🙂

Comments on this entry are closed.

{ 2 trackbacks }

Previous post:

Next post: